sábado, 9 de outubro de 2010

Hino à vida

Pai dos pobres




Onde houver vazio,
                O Espírito é plenitude.
Onde houver miséria,
                O Espírito é riqueza.

Onde houver sofrimento,
                O Espírito é consolação
Onde houver tristeza,
                O Espírito é alegria

Onde houver debilidade,
                O Espírito é força.
Onde houver orfandade,
                O Espírito é mãe.

Onde houver ignorância,
                O Espírito é sabedoria.
Onde houver exclusão,
                O Espírito é acolhimento.

Onde houver opressão,
                O Espírito é liberdade.
Onde houver exploração,
                O Espírito é partilha.
Onde houver solidão,
                O Espírito é companhia.
Onde houver esquecimento,
                O Espírito é memória

Onde houver desamor,
                O Espírito é carinho.
Onde houver morte,
                O Espírito é vida.

sexta-feira, 1 de outubro de 2010

vocação

Hermana Glenda - hazme volver (salmo 125)

Poema de Santa Teresinha


Quereria percorrer a terra
E pregar o Teu nome, Jesus,
Ser Apóstolo em solo infiel
E plantar gloriosa a Tua cruz.

Só o Amor faz agir a Igreja,
Mas se o Amor se viesse a extinguir
Os Apóstolos não anunciariam
Nem os mártires a vida dariam.

Compreendi que o Amor encerra,
Em si mesmo, todas as vocações.
Compreendi que o Amor é tudo,
Que abarca os tempos e os lugares.

Encontrei finalmente o meu lugar
Fostes Vós, ó meu Deus, que mo destes:
No coração da Igreja, minha mãe,
Eu serei o Amor!

E assim serei tudo!

CD “Viver de Amor”, Edições Carmelo