sábado, 6 de abril de 2013

Páscoa - A Paz


Leitura - Do Evangelho segundo S. João (20, 19-23)

Na tarde desse mesmo dia, que era Domingo os discípulos encontravam-se juntos e tinham as portas fechadas com medo das autoridades judaicas.
Jesus entrou, pôs-se no meio deles e disse-lhes:
- A paz esteja convosco!
Depois mostrou-lhes as mãos e o peito. Eles alegraram-se muito por verem o Senhor. Jesus disse-lhes de novo:
- A paz esteja convosco! Assim como o Pai me enviou, também eu vos envio.
Em seguida soprou sobre eles e disse-lhes:
- Recebei o Espírito Santo. Àqueles a quem perdoardes os pecados, são perdoados; e àqueles a quem os não perdoardes, não lhes serão perdoados.

Comentário

Cristo aparece aos seus apóstolos no domingo, que é o dia em que hoje celebramos a ressurreição, e saúda-os por duas vezes desejando-lhes a paz: “A paz esteja convosco”.
Cristo deseja que dentro delas haja uma grande paz, uma grande alegria, uma grande serenidade. Deseja que nada perturbe a sua alegria, nem mesmo as dificuldades da vida, porque Ele matou a morte para sempre.
Nós mantemos esta mesma atitude, porque Jesus também nos diz a nós: Dou-vos a minha paz. É uma paz especial, diferente daquela que às vezes por aí se fala. È a paz que nos vem da esperança de Cristo.

Oração

Senhor, que os seguidores de Jesus Cristo irradiem a paz e a alegria que lhes vem da Páscoa.

Sem comentários: