quinta-feira, 4 de abril de 2013

Páscoa - O Pão


Leitura - Do Evangelho segundo S. João (24, 28-34)

Quando chegaram à aldeia para onde iam, Jesus fez como quem ia para mais longe. Mas eles convenceram-no a ficar e disseram-lhe:
- Fica connosco, porque já está tarde, já é quase noite.
Jesus entrou e ficou com eles. Quando estavam à mesa, pegou no pão, deu graças a Deus, partiu-o e dividiu-o com eles. Foi então que se lhe abriu o entendimento e o reconhecimento, mas nisto desapareceu. Disseram então um para o outro:
- Não é verdade que o coração nos ardia no peito, quando ele nos vinha a falar pelo caminho e nos explicava as Escrituras?
Levantaram-se imediatamente e voltaram para Jerusalém, onde encontraram os onze apóstolos reunidos com os outros companheiros, que lhes disseram:
- É verdade que o Senhor ressuscitou! Simão já o viu!

Comentário

Quando os dois caminhantes chegaram a sua casa, Jesus, que caminhava com eles, entrou em casa deles. Sentou-se à mesa, partiu o pão e dividiu-o com eles. Precisamente o mesmo gesto da última ceia.
Foi então que se lhe abriram os olhos da fé: no pão eucarístico reconhecem a presença da pessoa de Cristo Ressuscitado. Tinha dito: “Tomai e comei. Isto é o meu Corpo!”
Será que já percebemos e sentimos que a Eucaristia, de modo muito particular a comunhão sacramental, é um encontro com o Ressuscitado, a ser o nosso alimento e fortaleza?
  
Oração

Senhor, que o Pão da Eucaristia que comungamos nos ajude a ir assimilando o jeito de viver de Cristo.

Sem comentários: