sábado, 6 de abril de 2013

Pai dos pobres


Onde houver vazio,
               O Espírito é plenitude.
Onde houver miséria,
               O Espírito é riqueza.

Onde houver sofrimento,
               O Espírito é consolação
Onde houver tristeza,
               O Espírito é alegria

Onde houver debilidade,
               O Espírito é força.
Onde houver orfandade,
               O Espírito é mãe.

Onde houver ignorância,
               O Espírito é sabedoria.
Onde houver exclusão,
               O Espírito é acolhimento.

Onde houver opressão,
               O Espírito é liberdade.
Onde houver exploração,
               O Espírito é partilha.
Onde houver solidão,
               O Espírito é companhia.
Onde houver esquecimento,
               O Espírito é memória

Onde houver desamor,
               O Espírito é carinho.
Onde houver morte,
               O Espírito é vida.
  
Pai dos pobres,
defendei e enriquecei com os teus dons cada uma de nós. 

Sem comentários: