terça-feira, 16 de abril de 2013

Mãos estendidas


Viemos!
Deixámos barco e rede
Porque tínhamos sede
De ser em Ti, Senhor!

E ainda temos
E ainda queremos
Viver em Ti e para Ti!

Eis, nestas mãos estendidas
Os pequenos nadas
De nossas vidas:

Alegrias e tristezas
Forças e fraquezas

Silêncios e solidões
“Sins” e hesitações

Êxitos e fracassos
Repousos e cansaços

Sorrisos e maus - humores
Queixumes e dores

Erros e verdades
Dons e infidelidades

Lutas e ingratidões
Certezas e ilusões

Preces e segredos
Esperanças e medos

Intenções mal cumpridas
Distâncias mal vencidas…

Todos os pequenos nadam
Que são a nossa riqueza
Estão aqui:

Nestas mãos, estendidas
Para Ti!

Sem comentários: