terça-feira, 5 de março de 2013


Salmo do Seguimento

Abriste caminhos, fazendo caminho.
És caminho.
Anunciaste a verdade,
Vivendo em transparência.
És Verdade.
Comunicaste vida, sendo vida de Deus. És Vida.
Começaste a caminhar,
Em ritmo de êxodo, como o Teu povo.
Fizeste do teu estilo de vida sinal de contradição.
Chegaste ao coração dos homens como espada.
Fizeste da Tua Pessoa apelo claro ao seguimento.

Filho do Homem, de pé descalço,
Calçada após calçada;
Sem alforge, nem duas túnicas de linho;
Sem pedra onde reclinar a cabeça;
Sem dinheiro, nem poder, livre.
Filho do Homem,
De olhos fixos nos olhos dos homens;
Braços abertos ao abraço do oprimido;
Palavra anunciada como luz sobre o telhado.

Tu chama para que te sigam.
E tiras os homens aos seus.
E pedes para vender tudo e dá-lo por nada.
E exiges  perder a vida, perdê-la toda:
O Teu chamamento é radical.
Tu chamas pelo nome
E fazes Teu para sempre o homem.
Tu chamas porque amaste primeiro
E o amor é comunhão.
Tu chamas porque és bom,
Porque Teu Coração é festa
E convidas a seguir-Te.
Com a alegria das Bem-aventuranças.

Tu chamas e ofereces o Teu projecto,
O Teu plano de vida.
Abres o homem à vontade do pai.
Queres homens livres que Te sigam.

Aqui estou, Senhor, quero seguir-Te
Com o meu coração aberto
Aqui estou, Senhor Jesus,
Dá ânimo ao meu caminhar.
Quero ser luz na noite de cada jovem.
Palavra que desperte os adormecidos.
Água fresca que dê vida à planta seca.
Pão partido, dividido, dado em abundância.
Cacho de uvas espremido no lagar.
Quero ser manancial, raiz, e dar-me sem medida.
Quero ser Tua testemunha.

Que o Teu Espírito, Senhor,
Se derrame sobre mim,
Me unja, me marque, me faça Teu.
Seja a força na minha debilidade,
Me conduza ao homem oprimido.
Que com o Teu Espírito
Liberte os homens dos grilhões,
Tire as vendas dos olhos,
Rompa as cadeias dos pés,
Arranque dos lábios as mordaças,
Deixe o homem livre e sem fronteiras, Que o Teu Espírito; Senhor,
Anuncie o ano de graça.
Senhor do anoitecer,
Quero fazer caminho no teu caminho,
Verdade na Tua verdade, vida na Tua vida.
Senhor da alvorada.
Aqui estou respondendo ao Teu chamamento


Sem comentários: