sábado, 30 de março de 2013

À Procura das mãos do Pai (Sl 84 / 83)



Como é bom descansar em Ti, Senhor!
Que grande felicidade encontrar-Te, no íntimo do meu ser!
O teu amor é mais belo que o pôr do sol no mar.
A ternura é mais agradável que a brisa matinal.
Nas tuas mãos de Pai encontrei descanso, Senhor meu Deus.

Anda o meu coração à tua procura e deseja estar contigo.
E não descansa enquanto não fores Tu o centro da minha vida.
O meu coração e todo o meu ser em Ti exultam de alegria.
A alegria do meu coração és Tu, Ó Deus da minha juventude.
Nas tuas mãos de Pai encontrei descanso, Senhor meu Deus.

Até o passarinho encontrou um lugar, e sente-se feliz,
Onde depor as suas penas e construir o seu ninho;
Até a andorinha deixou pendente, no beiral,
O seu lar de barro, onde guarda os seus filhinhos até poderem voar.
Sinto-me feliz, ó meu Deus, porque nas tuas mãos de Pai, 
como um frágil canarinho e como uma andorinha mensageira, 
encontrei um lugar para descansar tranquilo.
Nas tuas mãos de Pai encontrei descanso, Senhor meu Deus.

Sinto-me feliz como os que moram em tua casa.
Ditoso e feliz como os que Te louvam eternamente.
Sou feliz, porque Tu és a minha força.
Sou feliz, porque habitas no íntimo do meu coração.
Nas tuas mãos de Pai encontrei descanso, Senhor meu Deus.

Tu és para mim como um vale imenso salpicado de flores.
Tu és como uma enorme montanha, cheia de paz e de silêncio.
Tu és como a chuva temporã que faz florescer os nossos campos.
Tu és como a neve nas alturas e como o riacho escondido,
Que à sua passagem vai deixando sementes de vida cheias de fruto.
Nas tuas mãos de Pai encontrei descanso, Senhor meu Deus.

Na profundidade do meu coração, onde estabeleceste a tua tenda,
Acolhe-me em segredo e escuta a minha oração.
Falar-Te-ei ao ouvido, como um menino que busca a tua ternura,
E ficarei à espera do abraço do teu coração de Pai.
Nas tuas mãos de Pai encontrei descanso, Senhor meu Deus.

Vale mais um dia na tua casa, junto de Ti, que amas, 
do que mil longe de Ti, onde não Te posso encontrar nem sentir.
Estar contigo, no teu lar de bondade e de carinho,
É mais agradável do que andar à deriva em busca de quimeras.
Nas tuas mãos de Pai encontrei descanso, Senhor meu Deus.

Tu, Senhor, és a Tenda estabelecida entre os homens, para sempre.
És a casa de todos, sempre aberta para quem Te procura e chama.
És como um oásis no deserto, ao cair da tarde.
És como um lago de paz e de serenidade para quem acampa junto de Ti.
Nas tuas mãos de Pai encontrei descanso, Senhor meu Deus.

Quando me encontro contigo, na tua tenda, junto do rio,
Tu dás-me a beber das tuas águas límpidas e frescas.
Que a tua graça e a tua glória inundem o nosso encontro
E que eu saia da Tua presença sempre cheio de esperança.
Nas tuas mãos de Pai encontrei descanso, Senhor meu Deus.

Sem comentários: