terça-feira, 10 de agosto de 2010

A Obra de Deus



 

Deixar-te-ei agir, Senhor.
Que a minha vida se enriqueça
Ouvindo a tua Palavra,
Tu, ó Cristo.
Não há nada que tu não possas fazer.
Tornaste fecundos Abrãao e Sara,
Zacarias e Isabel.
Silêncio!
Quando ages, devo calar-me.
E escutar...
Quanto está presente,
o homem deve calar-se,
abandonar as suas precupações,
vencer todas as hesitações.
O sinal de que Deus está em a acção,
de que começa a agir,
e o silêncio a que reduz
os homens deste mundo.
Assim, Zaracarias tornou-se mudo.
Para agires em mim, Senhor,
exiges qe eu fique silencioso,
como Maria e José.

Deixar-te-ei falar, Senhor,
demoradamente, do modo e no momento que desejares.
Porque, Senhor Jesus,
Tu és o Verbo,
Tu falarás quando a Tua hora chegar

Sem comentários: