domingo, 15 de agosto de 2010

MARIA, MINHA MÃE



Maria, minha Mãe, Mãe de Jesus,
nossa Mãe,
para me sentir unido a Jesus,
e a todos os homens, meus irmãos,
quero chamar-te Nossa Mãe.
Vem viver em mim, com Jesus
teu muito amado Filho,
esta mensagem de renovação total,
no silêncio e na vigília,
na oração e na oferta,
na comunhão com a Igreja e com a Trindade,
no fervor do teu Magnificat
unido a José, teu santíssimo Esposo,
no teu humilde e amoroso trabalho,
para que se cumprisse
o testamento de Jesus
no teu amor por Jesus e José,
pela Igreja e pela humanidade,
na tua fé inabalável
no meio de tantas provas
suportas pelo Reino,
na tua esperança,
que opera sem parar
para construir um mundo novo
de justiça e de paz,
de felicidade e de ternura verdadeira,
na perfeição das tuas virtudes,
no Espírito Santo,
para me tornar testemunhada Boa Nova,
apóstolo do Evangelho.


Em mim, ó Mãe, continua a operar,
a rezar, amar a sacrificar-me;
continua a realizar a vontade do Pai,
continua a ser a Mãe da humanidade.
Continua a viver a paixão
e a ressurreição de Jesus.
Ó Mãe, consagro-me a Ti, todo a Ti,
agra e para sempre.
Vivendo no teu espírito e no de José,
eu viverei no espírito de Jesus,
com Jesus, José, os anjos e os santos
e todas as almas.

Amo-te, Mãe nossa
e participarei na tua fadiga,
na tua preocupação
e no teu combate
pelo reino do Senhor Jesus.
Amen.

Sem comentários: